Perfil no Orkut do atirador de Realengo era perturbador

Wellington possuía conta na rede social com uma comunidade – em que discutia a Bíblia – e fotos de cemitério e de um homem morto. Nenhum amigo.

Wellington Menezes de Oliveira, atirador responsável pelo assassinato de 12 crianças na manhã da última quinta-feira (8/04), no Rio de Janeiro, possuía um perfil no Orkut. Embora a Google não confirme, tudo leva a crer que a conta seja verdadeira, pois a imagem de exibição é diferente daquela veiculada exaustivamente pela imprensa, e a data de criação do álbum de fotos marca 23/01, alguns meses antes, portanto, de Oliveira ficar conhecido por seu crime.

O perfil não lista nenhum amigo, depoimento ou recado. O álbum conta com nove fotos, mas só três estão acessíveis. Duas são idênticas – mostram um cemitério – e a última é perturbadora, por mostrar um homem morto, cujo corpo está envolto em uma poça de sangue. Todas têm como legenda um versículo da Bíblia: a primeira e a segunda foram extraídas dos livros Eclesiastes e Ezequiel, respectivamente, e a terceira é de Jeremias.

Reprodução da conta de Wellington, já retirada do ar

O trecho do Eclesiastes (9:4-10) é igual ao usado por Wellington na descrição de seu perfil, que termina da seguinte maneira: “Porque esta é a tua porção nesta vida, e do teu trabalho, que tu fazes debaixo do sol. Tudo o que te vier à mão para fazer, faze-o conforme as tuas forças, pois na sepultura, para onde vais, não há obra, nem projetos, nem conhecimento, nem sabedoria alguma”.

———————————

Por Ricardo Zeef Berezin, do IDG Now!

Publicada em 08 de abril de 2011 às 16h16
Atualizada em 08 de abril de 2011 às 18h40

 

py2gs

Graduado em Informática para Gestão de Negócios pela Fatec-BS. Pós-graduado em Administração Pública pela UGF. Aposentado do Serviço público Federal, Casado, 2 filhos e uma neta. Mora em Santos Litoral de São Paulo. Radioamador Classe A, prefixo py2gs antigo py2add.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 × 4 =

Verificando humanidade. *

%d blogueiros gostam disto: