Feliz Ano Novo

Mais um ano chega ao fim. 2015 passa com cara de poucos amigos e com uma sensação de que algo foi ruim e tudo poderia ser diferente. Ilusão.

Não é para menos, neste ano, muita coisa encoberta veio a ser revelada e muita coisa revelada foi encoberta em nome da podidão corrupta da política brasileira e do jeitinho cada vez mais jeitoso do “não-corrupto” brasileiro que no fundo só quer se dar bem. Sempre digo que o se dar bem individualmente cria o se dar mal coletivo. Mas vamos em frente.
Para mim, este ano foi bom. Fiz muitos amigos. Muitos e bons amigos que creio ser para a vida toda. É difícil fazer novos amigos depois dos 50. Mas fiz, portanto, não tenho do quer reclamar.

A inflação voltou a incomodar, ela corrói mês a mês o parco salário que auferimos. Mas espero que a coisa melhore e que este país saiba aproveitar as vantagens da democracia antes de querer solução desastrosa que levará você e eu para o buraco sem que os que ficarem de fora dele sequer nos olhem.

Por fim, a vida vale a pena ser vivida. Com saúde ou na doença. De todas as formas honestas possíveis.
Desejo a você, meu amigo(a) que leu esta pequena mensagem até o fim, tudo de bom para o ano de 2016. Muita paz, saúde, sucesso e alegria. Que os sonhos não realizados em 2015 saiam do plano mental e se concretizem para vossa alegria.

Feliz Ano Novo

Por Gilson Oliveira

py2gs

Graduado em Informática para Gestão de Negócios pela Fatec-BS. Pós-graduado em Administração Pública pela UGF. Aposentado do Serviço público Federal, Casado, 2 filhos e uma neta. Mora em Santos Litoral de São Paulo. Radioamador Classe A, prefixo py2gs antigo py2add.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezessete − um =

Verificando humanidade. *

%d blogueiros gostam disto: