Transmissão de ondas hertzianas por antenas

O termo onda eletromagnética nos faz lembrar “elétrico e magnético” A onda de rádio ou onda hertziana se constitui numa energia de campo elétrico e magnético pelo fato de pertencer ao espectro da onda eletromagnética.
Tentaremos explicar como se produz uma onda eletromagnética numa antena transmissora.

Suponhamos que temos um transmissor ligado a uma antena bipolar isto é, uma antena simétrica, ligada aos extremos de um gerador de corrente alternada de radiofrequência de 1000 kilohertz correspondente a uma emissora de radiodifusão.

figura 7

Conforme a ilustração da figura 7, durante um determinado período do tempo, os dois fios têm cargas elétricas opostas, consequentemente criando um campo elétrico ou um campo eletrostático entre os dois fios formando um verdadeiro capacitor, sendo dielétrico, o ar. Conforme mostra a figura 8.

figura 8


Quando a tensão do gerador de radiofrequência cai a zero, consequentemente haverá uma contração do campo dielétrico na direção do fio, porém , sendo a variação da corrente muito rápida, antes que as linhas de forca mais distantes do fio retorne, o gerador entra no segundo semiciclo, isto é, troca de polaridade começando a formar o segundo campo elétrico de direção contraria a do anterior.

As linhas de forcas remanescentes formadas pelo primeiro campo elétrico são expulsas pelo segundo do campo, libertando-se da extremidade do fio da antena, como mostra a figura 9.

figura 9

O processo se repete libertando a energia radiante de campo elétrico e magnético no espaço numa velocidade de 3000000 quilômetros por segundo.

Você deve lembrar que uma corrente circulante num fio condutor, produz campo magnético e vice-versa, portanto, esta combinação do campo elétrico e magnético constitui a chamada ONDA HERTZIANA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro × 1 =

Verificando humanidade. *