A  verdade que nunca te contaram sobre o HT Baofeng

A verdade que nunca te contaram sobre o HT Baofeng

A popularização do rádio ht  Baofeng uv-5r trouxe com seu preço baixo, acesso ao ptt. Os sem ptt ficaram maravilhados com a possibilidade de usar um transceptor a um preço muitíssimo baixo. Algumas pessoas compraram um rádio portátil HT Baofeng UV 5r com a intenção de manter contato com amigos,  com uma pessoa especial a uma curta distância, no vôo livre, na pescaria, no camping etc…

Sendo leigos no assunto radiocomunicações e sem a orientação necessária, entendem que podem utilizar-se deste pequeno transceptor livremente sem ter problemas com a Polícia Federal ou com a fiscalização da Anatel.

Não, legalmente não podem utilizar pois qualquer equipamentBaofeng uv5ro de radiocomunicação que não seja os FRS (Family Radio Service) ou GMRS (General Mobile Radio Service, os conhecidos Talkabout e outros, necessitam de licença específica concedida pela Anatel. O Baofeng UV 5r não pode ser classificado como FRS/GMRS, embora trabalhe com as frequências desta modalidade a potência é muitas vezes superior ao permitido.

Outro problema é a falta de homologação do aparelho, e aqui cabe ressaltar que quase 100% destes pequenos rádios não tem homologação, tanto para radioamadores quanto aos outros potenciais usuários. Mesmo se o detentor possuir a Nota Fiscal ele não é homologado e o custo da homologação é muito maior que o do rádio, inviabilizando teoricamente o uso.

Em Abril deste ano de 2015 conversei com o presidente da LABRE-SP, Marcelo Motoyama que me confirmou a intensão da LABRE-SP de promover em breve a homologação de muitos transceptores em seu nome, o que será extensivo a seus associados adimplentes. Neste caso valerá a pena se filiar, não pelo Baofeng, mas por outros tantos aparelhos, pois a anualidade da LABRE custa mais caro que um Baofeng UV-5R.

É bom lembrar que qualquer usuário de HT que não sejam os Talkabout ou similares que tem uma potência inferior a meio watt, tem que ter licença específica de radioamador, ou de Serviço Limitado Privado.

Embora o  UV-5R seja é um bom aparelho, considerando seu preço, não basta comprar, é preciso licença e, licenciar-se para o serviço de radioamador é relativamente fácil e de valor monetário irrisório, é muito mais prático ter a licença de classe C do que correr o risco de responder processo administrativo e criminal pois  é crime federal utilizar este tipo de equipamento não sendo licenciado para tal. A multa é por fazer uso clandestino de radiofrequência é cara, cerca de R$ 10.000,00. O grande problema é que o brasileiro acha que pode dar jeitinho em tudo e vai continuar a usar até ser pego. Como a fiscalização não dá conta de pegar todos os usuários clandestinos, a maioria vai usando o espectro de radiofrequência destinado ao radioamadores e outros até que a Anatel o separe do seu “agatezinho” lindo de olho azul.

Neste blog existe um simulado para a prova de radioamador da Anatel, procure no menu superior os links, no site da Anatel você encontra o link para baixar as apostilas, é só decorar aquilo tudo e fazer a prova,  tirar seu COER escolher um indicativo e pronto.

Um forte 73 de py2gs
Gilson Oliveira

PRF prende caminhoneiro com rádio que intercepta satélite americano

PRF prende caminhoneiro com rádio que intercepta satélite americano

A Polícia Rodoviária Federal no Piauí prendeu nesta terça-feira (5) na BR-343 em Teresina, um caminhoneiro suspeito de utilizar rádio clandestino. De acordo inspetor Welendal Tenório, o equipamento interceptava sinais de satélites da base militar dos Estados Unidos e é usado por criminosos para se comunicar sem serem alcançados pela fiscalização da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

O condutor do veículo foi encaminhado para a sede da Polícia Federal em Teresina e afirmou que desconhecia a existência do rádio.
Inspetor da PRF explica que rádio clandestino é utilizado para interceptar ligações (Foto: Catarina Costa/G1)Inspetor da PRF explica que rádio clandestino é
utilizado para interceptar ligações
(Foto: Catarina Costa/G1)

 

“O equipamento foi encontrado durante uma abordagem de rotina. O motorista alegou que desconhecia a existência e utilidade do rádio, mas isso será investigado, pois a documentação do veículo foi verificada e constatado que o caminhão está no nome de outra pessoa. Contudo, vamos investigar se o caminhoneiro não faz parte de uma quadrilha”, destacou o inspetor.

Caminhoneiro foi preso com rádio clandestino na BR-343 (Foto: Catarina Costa/G1)Caminhoneiro foi preso com rádio clandestino na
BR-343 (Foto: Catarina Costa/G1)

Segundo a polícia, o rádio captava informações nacionais e internacionais, inclusive conseguia interceptar ligações da própria polícia . “Ele é usado por quadrilha de tráfico para interferir na comunicação e interceptar ligações sem que a polícia tenha conhecimento. Desta forma, eles podem se comunicar com todo mundo sem registro na Anatel”, comentou Welendal Tenório.

O agente da Anatel no Piauí, Luís Carlos, contou que esse tipo de aparelho passou a ser utilizado na época da Guerra do Golfo na comunicação entre navios e, tornou-se ilegal porque seu alcance era tão grande que chegava a qualquer lugar do mundo sem fiscalização. “Por conta desse poder de alcance o aparelho passou a ser utilizado por criminosos”, explicou Luís Carlos.

Oo motorista contou que foi contratado por uma empresa de Santa Catarina para  transportar carga de milho e soja e voltou a afirmar que não sabia da existência do equipamento. O inspetor acrescentou que caso seja confirmada a instalação e o uso de rádio clandestino, o motorista pode ser condenado a uma pena de quatro anos de reclusão.”Caso confirmado, ele poderá responder pelo crime de uso e instalação irregular de equipamento sem a autorização e ainda por ferir o tratado internacional. O FBI (Polícia Federal dos Estados Unidos) será comunicada sobre a apreensão desses equipamentos “, falou o inspetor da PRF.

Flagrante ocorreu nesta terça-feira (5) numa abordagem em Teresina.O condutor do veículo foi encaminhado para a Polícia Federal.

Fonte: G1 – PRF prende caminhoneiro com rádio que intercepta satélite americano – notícias em Piauí