Retificação de Onda com Diodos

Como funciona um retificador ?


O circuito retificador é um dispositivo que permite que uma tensão ou corrente alternada, normalmente senoidal, seja retificada, sendo transformada em contínua. Existem vários processos de retificação e vários tipos de retificação. Considerando o mais comum das retificações, a transformação de uma corrente alternada senoidal em corrente contínua.

Usando díodos como retificadores

Retificação de Meia Onda

Considerando o circuito

Rectificação Meia Onda

Supondo que se trata de um diodo ideal, comportando-se por isso como um interruptor fechado nos ciclos positivos da senoide, e como um interruptor aberto nas negativas.

Conclui-se que o circuito elimina as alternâncias negativas da tensão de entrada, verificando-se na saída apenas metade do sinal de entrada.

Corrente média e tensão média em um retificador de meia onda:

rectificação meia-onda

A frequência da corrente contínua pulsante é igual a da tensão alternada de entrada, onde a tensão média e a corrente média se obtém com as seguintes fórmulas.

  • Im = Imax / 3,14
  • Vm = Vmax / 3,14
  • Im = corrente média (Ampere)
  • Imax = corrente de pico (Ampere)
  • Vm = tensão média (Volts)
  • Vmax = tensão máxima (Volt)
  • p= 3,14.

Retificação de Onda Completa

Rectificação de onda completa

Colocando uma ponte retificadora de 4 diodos, obtemos uma retificação de onda completa, com as arcadas positivas.

Corrente média e tensão média em um retificador de onda completa.

A frequência sobre a carga é o dobro da frequência da tensão alternante de entrada.
Im = ( 2 * Imáx ) / 3,14
Vm = ( 2 * Vmáx ) / 3,14

tensão em retificação de onda completa

Como transformar em Corrente Contínua

Como podemos observar, para obter uma corrente contínua temos de preencher os espaços entre as sinosóides.  Para isso temos de filtrar a corrente alterna usando um condensador.

Rectificação e Filtragem

Esta é a base dos circuitos retificadores usados para transformar corrente elétrica alternada em corrente contínua.

Ponte Retificadora

Denomina-se ponte retificadora ao conjunto de quatro díodos que ao receberem tensão alterna nos díodos de entrada separa os pulsos positivos e negativos na saída permitindo retificação de onda completa. A entrada de CA (corrente alterna) tem uma saída polarizada.A ponte retificadora é fundamental em qualquer dispositivo eletrónico e está presente em quase todos os equipamentos na fonte de alimentação.

Funcionamento Tipos de Pontes
funcionamento ponte retificadora ponte retificadora

Testar Diodos Retificadores

A verificação de junções semicondutoras PN pode ser efetuada com o multímetro, este tipo de teste permite verificar se os diodos têm as suas características normais.
Para efetuar medições nos componentes é importante que o componente não esteja no circuito, a medição de componentes no circuito pode induzir em erro porque, para além de medir o componente, mede os valores em conjunto com todos os componentes ligados ao componente.

Testar Díodo Junção PN - NP
Com o multímetro na escala de medição de resistências (Ohmímetro) escala Rx10 ou R1

  • A-Quando medido diretamente a resistência de uma junção PN é baixa.
  • B-Quando o diodo está em curto o valor será zero seja qual for o sentido da medição.
  • C-Quando se testa inversamente a resistência será alta ou infinita (depende das características do ohmímetro).

*Se a junção tiver uma fuga a medição C apresenta um valor baixo o que indica que o componente está danificado

py2gs

Graduado em Informática para Gestão de Negócios pela Fatec-BS. Pós-graduado em Administração Pública pela UGF. Aposentado do Serviço público Federal, Casado, 2 filhos e uma neta. Mora em Santos Litoral de São Paulo. Radioamador Classe A, prefixo py2gs antigo py2add.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quinze − 12 =

Verificando humanidade. *

%d blogueiros gostam disto: